Musculação causa varizes?

Mito ou verdade: será que a musculação pode causar o aparecimento de varizes nas pernas?

A relação entre o aparecimento de varizes e a hipertrofia muscular é uma dúvida freqüente das pessoas adeptas à prática desse tipo de exercício físico. Todo mundo já viu pelo menos alguma vez na vida algum atleta de fisiculturismo com seus enormes músculos e veias aparentes e provavelmente é daí que vem a idéia de que a musculação pode aumentar o tamanho das veias e piorar as varizes.
Mas será que a musculação pode ser prejudicial para a circulação venosa da perna?
Pessoas musculosas geralmente têm veias superficiais evidentes, mas essas veias são normais, não são varizesComo já discutimos em artigos anteriores, como 'Por que eu tenho varizes?'  e 'Salto alto causa varizes?', um dos principais mecanismos que auxiliam no retorno do sangue venoso dos pés de volta para o coração é a bomba muscular da panturilha. Conforme a musculatura da panturilha contrai, as veias profundas que se encontram próximas a ela, são "espremidas"e o sangue é impulsionado para cima. O sangue consegue ir apenas em uma direção (para cima) devido às válvulas existentes no interior dessas veias, que impedem que o sangue retorne para o pé. Sendo assim, esse mecanismo de contração e relaxamento da musculatura é benéfico para a circulação venosa, melhorando o retorno do sangue e diminuindo o risco de desenvolver varizes e melhorando os sintomas das pessoas que já possuem o problema. Isso já foi extensamente estudado e comprovado pelos estudos científicos.
De acordo com esse raciocínio, quanto mais vezes você contrai e relaxa a musculatura da panturilha, melhor é o retorno venoso. Os exercícios aeróbicos como caminhada, corrida, ciclismo etc. parecem ser os mais benéficos. Durante os exercícios de musculação também temos a contração dessa musculatura, porém com menos repetições.
Vários estudos científicos (saiba mais aqui ) mostram benefícios dos exercícios de resistência muscular para a melhora da circulação arterial e venosa pelos mecanismos de remodelação vascular, neoangiogênese (formação de novos vasos) e alteração na parede das veias, com aumento da elastina e colágeno.
Outros cientistas evidenciaram que o aumento da massa muscular da panturrilha é responsável pela diminuição da complacência venosa, isto é, da capacidade das veias em reter uma grande quantidade de sangue dentro delas (saiba mais aqui). Esse fenômeno acontece porque o aumento do músculo ao redor das veias profundas comprimiria suas paredes contra a fáscia muscular e sendo assim, diminuiria o tamanho das veias. Em outras palavras, a musculatura funcionaria para as veias profundas como uma meia de compressão funciona para as veias superficiais. (falei um pouco sobre as meias no post 'Meias de compressão para corrida melhoram o desempenho?')
Todos esses estudos sugerem que a maior massa muscular e a prática freqüente de exercícios físicos é benéfica para a circulação venosa. Porém, nenhum estudo foi realizado especificamente para relacionar o aparecimento ou melhora das varizes e os exercícios de musculação. Portanto, a ciência ainda não tem essa resposta. Mas tudo indica que os exercícios não causam problemas para a circulação, pelo contrário, provavelmente são benéficos.
Mas aí você vai me perguntar: mas por que então as pessoas que fazem muita musculação e têm grande massa muscular ficam com as veias mais aparentes???
Em primeiro lugar, é importante ressaltar que as veias que ficam aparentes nas pessoas musculosas não são veias doentes! São veias normais, retas, de trajeto normal, com válvulas com funcionamento adequado. Ou seja: essas veias não são varizes.
O aparecimento dessas veias na pele é até desejado por esses atletas e existem até sites que explicam como otimizar o treino para aumentar o seu surgimento!
As veias ficam mais aparentes nessas pessoas principalmente devido à diminuição da gordura corporal. As veias superficiais encontram-se entre a pele e a fáscia da musculatura e estão envolvidas pela camada de tecido gorduroso abaixo da pele. Portanto, geralmente, essas veias ficam escondidas no meio da gordura, e normalmente são visualizados apenas pequenos trechos pelas transparência de pele.
As veias superficiais se localizam logo abaixo da pele e ficam envoltas pela gordura do tecido subcutâneo
Quanto menos gordura corporal você tiver, menos gordura haverá para esconder as veias e assim elas  vão ficar evidentes.
Quando a pessoa está fazendo o exercício, as veias ficarão mais evidentes ainda porque o exercício exige que o coração bombeie mais sangue para a musculatura através das artérias e consequentemente este sangue terá que retornar ao coração pelas veias, portanto, haverá mais sangue dentro das veias e elas se tornarão maiores. É por isso que, quando vamos ao laboratório retirar sangue para um exame, a enfermeira pede para abrirmos e fecharmos a mão várias vezes antes de procurar as veias. Dessa forma, realizamos um exercício da musculatura do antebraço e aumentamos a quantidade de sangue nessa região.

Concluindo, a musculação não é capaz de causar varizes. O principal fator de risco para as varizes é a genética, que infelizmente não temos como modificar. A musculação pode tornar as veias superficiais mais evidentes sim, especialmente nas pessoas que tem a porcentagem de gordura corporal mais baixa. Porém essas veias são normais e não veias doentes, como acontece nas pessoas que têm varizes.
Se você tem varizes e quer realizar exercícios de musculação não há contra indicação. Porém é importante ressaltar que o exercício não vai diminuir as veias. O tratamento das varizes é feito principalmente com cirurgia. Portanto, é essencial que a pessoa portadora do problema procure um cirurgião vascular para iniciar o tratamento o quanto antes e prevenir suas conseqüências.

Dra Juliana Puggina - Cirurgia Vascular - CRM/SP 134.963
Sobre a autora
Dra. Juliana Puggina é médica cirurgiã vascular e escreve artigos informativos no blog 'Pernas pra que te quero'. Formada em Medicina pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com residência médica em Cirurgia Vascular e Endovascular pela Universidade de São Paulo (USP). Membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e do American College of Phlebology.

Clínica Essenza
Rua Oscar Freire 2250 cj 101 e 102 -Jd. América - São Paulo/SP

Entre em contato:
Telefone 11 3061-3892
Whatsapp 11 97479 2250



Postar um comentário