Dez passos para ter pernas lindas

Não dá para lembrar da saúde e beleza das pernas somente na hora de colocar uma saia, shorts ou vestido na época do verão. Para manter as pernas em dia, é necessário o cuidado no dia-a-dia, todos os dias do ano. Para você que quer cuidar melhor das pernas, elaborei esta lista de 10 dicas para ter pernas deslumbrantes e saudáveis.

Saiba como cuidar das pernas para que elas fiquem lindas!

1- Caminhe bastante


A caminhada é um excelente exercício para estimular a circulação das pernas. Como eu expliquei nos artigos 'Por que eu tenho varizes?' e 'Salto alto causa varizes?', o retorno do sangue que está nas pernas de volta para o coração é feito pelos veias com a ajuda da compressão da musculatura da panturrilha. Quanto mais movimentamos a musculatura, melhor é o bombeamento do sangue e menor a probabilidade de formação de varizes, inchaço e dores nas pernas.

2- Use meias elásticas de compressão


Se você fica muito tempo em pé ou sentada no dia-a-dia vale a pena utilizar meias elásticas de compressão. Para as pessoas que não têm varizes, estão indicadas as meias de suave compressão (ou 15-20 mmHg). Essas meias podem ser compradas sem receita médica em magazines, drogarias e casas de material cirúrgico e ortopédico. As meias evoluiram muito nos últimos anos e já é possível encontrar no Brasil meias de diversas cores, com rendas e detalhes que as deixam muito parecidas com as meias finas tradicionais. Portanto, ficar com vergonha por estar com uma meia bege esquisita é coisa do passado.
As meias elásticas de compressão estão mais bonitas e discretas atualmente
A meia não previne as varizes ou vasinhos, mas ajuda a melhorar o retorno venoso e previne inchaço e dores nas pernas.  Para quem tem varizes, a compressão deve ser maior e a meia deve ser prescrita pelo médico.

3- Fortaleça a musculatura


Musculação, pilates, yoga, cross fit, ginástica localizada, subir e descer escadas.... vale tudo para deixar a musculatura da perna e da coxa mais fortes e combater a celulite e a flacidez. Não tem outro jeito: o tempo e a gravidade são implacáveis e a melhor forma de manter pernas bonitas é cuidar para que os músculos estejam sempre fortes.

4- Trate as varizes e vasinhos


Grande parte das mulheres tem vasinhos ou varizes nas pernas e muita gente não sabe o que fazer para prevenir e melhorar este problema. No artigo 'Vasinhos nas pernas: como acabar com eles?' expliquei que a principal forma de atacar o problema é com a escleroterapia tradicional ou com laser. Já as varizes, que são veias maiores, tortuosas e "saltadas", o tratamento é cirúrgico: seja a microcirurgia com anestesia local, nos casos mais leves e localizados, ou até cirurgia maiores que exigem internação. Além da cirurgia tradicional, atualmente os cirurgiões vasculares dispõem de novas técnicas para acabar com as varizes, que utilizam laser e radiofrequência. Falei um pouco sobre o tratamento das varizes nos artigos: 'Como tratar varizes nas pernas?', 'Cirurgia para Varizes: saiba como é feita passo a passo' e 'Radiofrequencia: uma alternativa à cirurgia tradicional de varizes'. Se você quer saber mais sobre o tratamento dos vasinhos e varizes com laser, também já escrevi sobre isso. Acesse o artigo: 'Laser para varizes e vasinhos funciona?'

5 - Acabe com as manchas


Ter pernas lisinhas e sem manchas é possível, mas exige dedicação. Para acabar com as manchas, os médicos dermatologistas dispõem de um arsenal que inclui cremes clareadores, ácidos, aplicação de luz pulsada e laser. É importante consultar um médico especialista no problema para saber qual é a melhor técnica para sua caso. Além disso, é imprescindível o uso do filtro solar sempre que as pernas forem expostas. Mesmo que você não estiver curtindo uma praia ou piscina, basta colocar um short ou saia que os raios solares vão atingir sua pele e prejudicar seu tratamento! Todo cuidado é pouco.

6- Livre-se dos pêlos


Existe uma infinidade de métodos de depilação e é importante escolher um método seguro, evitando queimaduras e irritação na pele. Pode ser lâmina, cera, linha, depilador elétrico, cremes depilatórios, laser ou luz pulsada. Os dois últimos mais duradouros, porém muito mais caros. Tanto o laser quanto a luz pulsada devem ser feitos por médicos ou profissionais qualificados e treinados sob a supervisão destes para diminuir os riscos e melhorar os resultados.

Diminuir o peso ajuda a melhorar os problemas da circulação

7 - Elimine os quilinhos extras

Diminuir o peso corporal, além de melhorar o contorno da perna, diminuir seu diâmetro e amenizar a celulite, também auxilia a circula ção do sangue. O excesso de peso e, principalmente, o aumento da gordura abdominal leva a piora do retorno venoso, piorando as varizes e o inchaço. Portanto, é imprescindível diminuir o peso e a barriguinha para ter as pernas dos seus sonhos.

8 -  Mantenha uma alimentação saudável

Essa dica é para ajudar a atingir o objetivo da dica anterior. Não tem outro jeito: o que engorda é a comida que comemos e para emagrecer é necessário comer menos e melhor. Isso não é novidade para ninguém. Além de ajudar no emagrecimento, a alimentação balanceada dá energia para realizar os exercícios físicos e previne doenças mais sérias, como a deposição de gordura nas artérias, a aterosclerose, principal causa de infartos, derrames e morte. Para saber um pouco mais sobre como a alimentação pode influenciar na circulação sanguínea, leia o artigo: 'Alimentação e problemas da circulação: saiba o que comer para manter a saúde vascular!'.

9 -  Hidrate a pele e o corpo

A hidratação é fundamental para a manutenção da saúde e beleza da pele das pernas. Usar cremes hidratantes é importante para manter a pele sem rachaduras, descamação e a combater o envelhecimento. Mas ainda mais importante é tomar água pela boca. Pelo menos 2 litros ou 8 copos de água por dia vai ajudar não só suas pernas, mas seu organismo como um todo a funcionar melhor.

10 - E o salto alto? 

Muitas mulheres utilizam o salto para melhorar a aparência das pernas. Sem dúvida, o salto propicia uma aparência de pernas torneadas, ajuda a disfarçar a celulite e a flacidez. Ainda não existe um consenso entre os pesquisadores quanto à influência do uso do salto alto nos problemas da circulação do sangue. Expliquei isso detalhadamente no artigo "Salto alto causa varizes?" Porém, já foi comprovado que o uso exagerado do salto alto pode acarretar problemas nas articulações do tornozelo, joelho e pé, assim como encurtamento de tendões e outros problemas ortopédicos. Então meninas, o salto pode ser usado, mas não abuse dele. 

Dúvidas, perguntas, críticas e elogios podem ser enviados pelo Fale Conosco, ou pelo Facebook, Twitter e Google Plus!
Um abraço para todos os leitores!


Dra Juliana Puggina - Cirurgia Vascular - CRM/SP 134.963
Sobre a autora
Dra. Juliana Puggina é médica cirurgiã vascular e escreve artigos informativos no blog 'Pernas pra que te quero'. Formada em Medicina pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com residência médica em Cirurgia Vascular e Endovascular pela Universidade de São Paulo (USP). Membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e do American College of Phlebology.

Clínica Essenza
Rua Oscar Freire 2250 cj 101 e 102 -Jd. América - São Paulo/SP

Entre em contato:
Telefone 11 3061-3892
Whatsapp 11 97479 2250


Postar um comentário